Pensamento Sociológico Contemporâneo I


Sobre o Pensamento Sociológico Contemporâneo

Imagem1

A institucionalização da Sociologia na América no Pós-I Guerra Mundial (a fase da Sociologia pós-Durkheimiana e pós-Weberiana) marca o que tem sido chamada a contemporaneidade sociológica (fundada nas tradições de Chicago, Columbia e Harvard). Alguns autores, contudo, reservam a ideia de “contemporaneidade” da teoria sociológica para o período pós-domínio do Funcionalismo de Harvard e Columbia (fases Parsoniana e Mertoniana), identificando-o com a diversificação paradigmática que se seguiu (transição dos anos 70 para os 80 até à actualidade). Esta cadeira cobre ambos os períodos, desenvolvendo-se em torno dos conceitos de pós-industrialismo, pós-estruturalismo, pós-modernidade, pós-capitalismo e pós-história e seguindo uma estratégia multiparadigmática no intuito de facilitar a compreensão integrada das várias linhas de teorização e de prospectiva acerca da Sociologia e da sociedade. Propõe também ser um espaço de reflexão crítica acerca dessa tradição.

2015-16 será o primeiro ano em que leccionarei a cadeira.

Opiniões e sugestões? Deixem-nas aqui. Toda a participação é bem-vinda!

Apresentação sumária da cadeira

Definir Pós-Modernismo implica definir Modernismo e, por sua vez, Modernidade. Ora, por definição “Modernidade” é um conceito relativo e historicamente dependente. Que referência usar então na definição de Pós-Modernismo?

A Unidade Curricular “Pensamento Sociológico Contemporâneo I” integra o plano de estudos dos Mestrados em Sociologia, em Sociologia das Organizações e Trabalho e em Sociedade, Risco e Saúde do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Insere-se no 1º semestre do 1º ano lectivo destas ofertas formativas.

A Unidade Curricular é oferecida, também, como disciplina opcional.

Esta Unidade Curricular visa proporcionar aos estudantes:
– As bases para o conhecimento aprofundado das principais correntes e tradições do pensamento sociológico, clássicas, modernas e contemporâneas;
– Um ambiente educativo propício à reflexão e à discussão crítica das perspectivas teóricas da sociologia;
– Uma reflexão crítica sobre as tensões, dilemas e compromissos que atravessam o pensamento sociológico contemporâneo.

O programa contempla a emergência da Sociologia e seus antecedentes e as grandes orientações do pensamento sociológico, em três períodos: o dos clássicos; o da institucionalização da Sociologia; e o que vai da primeira metade do século XX, até ao presente.

O programa desenvolve-se em torno dos seguintes temas:

I. Fundações

I.1. Na Europa

I.2. Na América

II. Principais Tradições Sociológicas do Século XX

II.1. Teorias Macrossociológicas

II.2. Teorias Microssociológicas

III. Teorizações de Síntese e Novas Linhas de Conceptualização

III.1. Pós-Estruturalismo e Pós-Modernismo

III.2. Sínteses Teóricas Contemporâneas

III.3. A Sociedade Global

Consulte o descritor da Unidade Curricular aqui.

Segue-se uma selecção de 2 referências básicas. Uma bibliografia completa pode (e deve) ser consultada no fim desta página.

CALHOUN, Craig et al. (eds) – Contemporary Sociological Theory (Oxford: Wiley-Blackwell, 2012).

TURNER, Jonathan H. – Contemporary Sociological Theory (California: Sage, 2013).

A presente página tem fins meramente sinópticos. Para acesso completo ao detalhe do conteúdo, programação, recursos e restantes conteúdos da cadeira aceder à sua área Moodle (só para alunos com a devida password) na Plataforma de E-Learning do ISCSP-UL.

Os separadores abaixo reúnem e sistematizam um conjunto alargado de recursos úteis para estudantes e investigadores dedicados ao Pensamento Sociológico Contemporâneo.

Esta secção está permanentemente em actualização.

Em construção.

Em construção.

Em construção.