Outros Reality Shows ou o triunfo da intolerância


All-American Muslim” (produção da cadeia norte-americana TLC) e “The Specials” (produção independente televisionada na televisão britânica e que se prepara para entrar no mercado americano) são reality shows que se debruçam respectivamente sobre a vida de famílias islâmicas americanas e sobre o dia-a-dia de um grupo de jovens deficientes mentais, com síndrome de Down, que vivem juntos pela primeira vez num apartamento enquanto estudam numa universidade em Inglaterra.

Aparte o formato “telenoveleiro”, servem um bom propósito: mostrar. Nesse sentido, possuem uma inegável qualidade pedagógica e socioeducativa. Se é certo que a intolerância e o preconceito se alimentam do desconhecimento, ver, ouvir, saber, conhecer, abrir avenidas de identificação e de humanização, é sempre positivo.

Infelizmente a primeira série, não obstante passe ainda em repetições, foi cancelada por motivo de controvérsia. As marcas desassociaram-se de um programa que gerou tumulto social, ainda que um tumulto oco, baseado apenas no preconceito. Tolerância é coisa que escasseia por muitos lados e que sofre de qualidade epidémica em muitos sectores da sociedade norte-americana média.

Ambas as séries podem ser actualmente vistas na televisão por cabo portuguesa, “All-American Muslim” no TLC e “The Specials” no Bio.

Deixo as rábulas do “The Daily Show” à controvérsia em torno do “All-American Muslim”.

Avalie este artigo

Professora Auxiliar no ISCSP-UL. Licenciada em Sociologia do Trabalho (especialização em Política de Recursos Humanos) pelo ISCSP-UL, licenciada em Biologia (especialização em Biologia Evolutiva e do Desenvolvimento com Minor em Geologia) pela FCUL, Mestre em Sociologia e Doutora em Sociologia pelo ISCSP-UL, pós-graduada em Medical Marketing Management e Product Management pelo ISCTE-IUL. A frequentar os Mestrados em Microbiologia Aplicada e Ciências do Mar na FCUL. Investigadora e autora.