Sociologia das Profissões


Sobre a Sociologia das Profissões

A definição do objecto teórico da Sociologia das Profissões foi altamente condicionada por especificidades linguísticas, nomeadamente pelo facto do “profession” anglo-saxónico não poder ser traduzido pela “profissão” das línguas românicas. Uma ocupação é, em sentido sociológico, qualquer actividade especializada do trabalho humano (o equivalente à “profissão” latina), enquanto que a profissão (objecto de estudo da Sociologia das Profissões) é um conceito reservado para ocupações fundadas em formação longa, de nível universitário, identificadas com um ideal de serviço, com exclusividade de prática (mercado protegido) e que se caracterizam social e culturalmente pela constituição de grupos homogéneos de orientação centrípeta (por exemplo, médicos, advogados, juízes ou enfermeiros).

The presence of a lay public is what distinguishes modern professional expertise from other forms of scarce and esoteric knowledge.” Magali S. Larson

Em construção.

Em construção.

Em construção.

Em construção.

Em construção.

Em construção.